O RH como líder na transformação do negócio

  • Janeiro 31, 2024

 

Com a automatização de processos diários, o RH moderno pode focar em pessoas e não em processos e oferecer um serviço estratégico e de alto valor que simplifica interações e eleve a experiência do indivíduo.

O RH é um negócio de pessoas, seja para ajudar funcionários com tarefas simples ou desafios mais complicados. Passa por contratar bem e alimentar os melhores talentos, fornecer orientação profissional, ou desenvolver e implementar iniciativas de aprendizagem. Profissionais de RH se preocupam em estabelecer relacionamentos um-a-um e estão empenhados em ajudar os funcionários e criar lugares excepcionais para eles trabalharem.

Então, por que achamos que tantos profissionais de RH não conseguem se concentrar nas atividades que os atraíram verdadeiramente para atuar com RH? Ironicamente, tentar resolver todos os problemas e questões de forma individual se torna mais difícil para os profissionais de RH fazerem o seu trabalho de forma eficaz. O problema é que muito tempo está sendo gasto simplesmente “mantendo as luzes acesas (KTLO)”.

Estudo promovido pela ServiceNow revela o quanto a produtividade é afetada no departamento de RH:

  • Os gerentes passam 15 horas – ou dois dias – por semana no trabalho administrativo;
  • Cinco departamentos ou mais estão envolvidos no primeiro dia de um funcionário no trabalho;
  • Geralmente, são necessárias 10 ou mais interações para se preparar para o primeiro dia de trabalho de um funcionário;
  • 80% estão usando ferramentas como e-mail ou planilhas, ou visitas pessoais para trabalhos de rotina.


Como alterar esse quadro e conseguir fazer com que cada colaborador se sinta único

Ao contrário de outras funções dentro de uma empresa, o departamento de RH tem um cliente único. Cada funcionário, desde o CEO até um estagiário em seu primeiro emprego, é um “consumidor” de serviços de RH. Em uma grande organização, isso pode significar dezenas de milhares de funcionários e todos esperam ser tratados como indivíduos. Pense em como é fácil comprar produtos on-line ou pesquisar informações no Google. Os funcionários agora esperam a mesma experiência no local de trabalho. Eles querem acesso instantâneo aos serviços de RH e informações sobre treinamento, benefícios, políticas e folha de pagamento, a qualquer momento, com um clique.

Devido à sua posição no coração de uma organização, o RH tem a oportunidade de se tornar um verdadeiro facilitador da transformação de negócios. Como Peter Cheese, diretor executivo da Chartered Instituto de Pessoal e Desenvolvimento (CIPD), destacou recentemente em um blog sobre a comunidade CIPD: “O RH sempre esteve em um lugar isolado quando comparado a outras funções. O departamento tem contato com todos em uma organização e precisa colaborar estreitamente e fazer parte da gestão, bem como apoiar e compreender a força de trabalho mais ampla”.

Para realmente liberar o potencial de RH, as equipes precisam reconquistar os dois dias da semana que são perdidos desnecessariamente para tarefas intermináveis e mundanas. A automatização do gerenciamento de serviços pode desempenhar papel fundamental na transição da administração para a estratégia, dando aos profissionais de RH liberdade de se concentrar nas pessoas, não nos processos. Essa é a combinação perfeita de assistente administrativo e gerente de projeto, respondendo instantaneamente às solicitações de funcionários. A automação de processos manuais repetitivos e do gerenciamento de atividades complexas entre departamentos, como onboarding (admissão de novos funcionários), é o caminho para a conquista desse tempo perdido semanalmente. O gerenciamento de serviços nunca esquece ou comete erros, e acompanha sempre.

Automatização é a solução

Automatizar é um salto na forma de gerir. Essa medida permite que funcionários assumam as necessidades básicas de RH com um portal flexível e intuitivo, que lhes proporciona a liberdade de encontrar informações de RH e solicitar serviço quando e onde eles precisam. Exatamente como o mundo moderno oferece milhares de serviços, desde o delivery até o entretenimento: sem interação humana.

Essa abordagem de autoatendimento dá aos funcionários acesso a serviços de RH 24 horas por dia, de um desktop ou dispositivo móvel, oferecendo a mesma simplicidade que eles encontram ao fazer transações bancárias on-line ou solicitar um táxi. Os funcionários podem ver o status de cada um dos seus pedidos, que é constantemente atualizado como o sistema de gerenciamento de serviços. Em vez de solicitações de funcionários que chegam ao RH através de múltiplos canais, um portal se torna um balcão único que responde, encaminha automaticamente e acompanha as solicitações. O resultado? As equipes de RH passam a concentrar seu tempo e energia em atividades de alto valor. Já é hora de os profissionais de RH desafiarem os processos existentes e liderarem as transformações no local de trabalho com uma abordagem estratégica que leva os negócios adiante. O tempo para gerenciamento de serviços de RH é agora.

 

Ainda tem mais

Veja mais conteúdos

7 Dicas para a transformação digital na gestão pública

Março 21, 2024
A jornada rumo à transformação digital representa um desafio significativo para a gestão pública. Contudo, esse...

Catálogo de Serviços de TI: você realmente sabe o que é?

Janeiro 15, 2024
A construção de um “catálogo de serviços” está sempre envolvida em diversos conceitos que, se não bem definidos, podem...

Integração e experiência do cliente

Janeiro 31, 2024
Sabemos que a experiência do cliente com a marca é o que a diferencia em um mercado hipercompetitivo e altamente...
Quer saber como

Acelerar a sua transformação digital?